Blog | 4 práticas para otimizar a Manutenção Predial

22 de maio de 2020

A manutenção predial é atuação chave para a conservação, preservação e boa convivência que ocorrem nos mais variados espaços, sejam compartilhados ou não, corporativos ou não. Para todo e qualquer gestor, é sempre um desafio desempenhar essa tarefa, que exige a coordenação de várias atividades, envolvendo tanto o controle administrativo, quanto o esforço físico. Já falamos de manutenção predial aqui várias vezes, e é por isso que você provavelmente já está familiarizado com o assunto. Caso não, temos ao fim da postagem recomendações de leitura, que você pode ler antes de continuar a leitura deste blogpost, ou mesmo depois.

É claro que, com a boa manutenção predial, a administração consegue economizar um bom dinheiro, e ainda é capaz de manter o próprio patrimônio em segurança e com boas práticas sanitárias, a fim de evitar problemas de saúde para qualquer um que por ali circule. No caso de empresas, os benefícios se estendem à entrega do serviço, que nesse caso, ganha em qualidade, e também na satisfação dos clientes e funcionários. Por essa razão, separamos nesta publicação algumas dicas de otimização da manutenção predial, que você pode ver nos tópicos abaixo.

4 práticas para otimizar a Manutenção Predial

A manutenção predial é fundamental para garantir a segurança e conservação dos espaços, como já comentamos diversas vezes. Já parou para pensar o quão importante é a boa realização desses processos, para a boa convivência e qualidade de vida dos visitantes e utilizadores de determinado espaço? Para otimizar a manutenção predial e ganhar mais eficiência em sua realização, algumas práticas devem ser adotadas. Separamos 4 dicas fundamentais: 

Sempre priorizar a manutenção preventiva

As manutenções corretivas nem sempre significam negligência nas inspeções e reparos em um equipamento ou estrutura. Porém, já sabemos que elas devem ser evitadas ao máximo, por se tratarem de uma solução urgente que pode acabar custando mais dinheiro, tempo e vida útil do objeto a ser reparado. A maioria dos prédios, condomínios e galerias recebem um plano de manutenção, assim que a construção é entregue, que deve ser levado à risca, ou o mais seriamente possível. O plano deve ser revisto periodicamente, ele ajuda a prever e prevenir essas situações chatas e danosas. Por isso, a manutenção preventiva é tão importante. Antecipar tudo o que vai e pode ser feito, elaborar calendários, agendar inspeções... Tudo isso, em um plano bem feito, se sai como uma solução incrível para a manutenção. Primeiramente, verifique com a administração se o documento já existe, e caso não, é recomendada a criação de um plano, que conte com a opinião de todos da gestão predial, e estabeleça uma relação dos ativos presentes, bem como uma dos cuidados. Lembre-se: a manutenção preventiva deve estar sempre em primeiro lugar. Caso o procedimento de acompanhamento já tenha sido formalizado, analise os serviços não contemplados e se devem ou não ser inseridos, em virtude da conservação do espaço. Por último, nunca se esqueça de manter contato com os seus fornecedores e assistentes de serviço. Especializados podem ajudar com os recursos técnicos necessários para prever os períodos e processos de manutenção.

Conservação e limpeza fazem a diferença

Conservação não é apenas reparar, trocar peças quando necessário ou refazer uma pintura. Na maioria das vezes, conservar é sobre o ato de preservar, diariamente, permitindo que determinado espaço ou objeto funcione sempre sob boas condições. Um local de trabalho sujo e com odores, um jardim com a grama grande e seca, ou mesmo um escritório cujos espaços compartilhados estão desgastados, são exemplos de situações que acontecem com tamanha recorrência, que até dá para nos perguntarmos como é possível uma administração negligenciar tanto a manutenção básica. A estética do desleixo pode prejudicar e muito os negócios, além de impactar diretamente na saúde e produtividade dos que frequentam o lugar. Muitos equipamentos, quando não passam por limpezas rotineiras, acumulam resíduos e poeira, diminuindo a vida útil em até três vezes menos que o esperado. Logo, atente-se para a rotina de limpeza estabelecida, e sempre verifique as inspeções; ambos não podem deixar de fazer parte da rotina de manutenção de qualquer administração predial.

Sobre realizar vistorias

A vistoria, ou inspeção, é o controle sobre tudo o que foi planejado. De pouco adianta despender de tempo e dinheiro elaborando um bom plano de manutenção, se na realização disso, a vistoria não ocorre. Nenhuma melhoria será alcançada como o sugerido, além da energia gasta ser desperdiçada. Logo, a nossa dica é que as manutenções sejam levadas a sério, durante todo o processo, desde o planejamento à realização. Estabeleça métodos de checagem, como as checklists e paineis de acompanhamento do cronograma. Há hoje no mercado uma infinidade de opções digitais que dão conta do recado. As vistorias de rotina já são adotadas por muitas administradoras, e são capazes de alcançar bons resultados em melhorias e qualidade do serviço.

Histórico de Manutenção

O histórico de manutenções é uma peça reserva, para consulta, sempre que necessário. É através dele, por exemplo, que se pode avaliar a vida útil restante de um equipamento, ou se é necessário investir em um outro material de revestimento para determinada estrutura. Também, para saber quais inspeções e serviços de manutenção predial são prioridade em dado momento, se faz necessário consultar o histórico. Logo, ele deve estar sempre atualizado, para que também seja uma garantia de que a empresa está em dias com as suas obrigações sanitárias e de engenharia.

Com essas informações, é possível ainda detectar falhas no uso de equipamentos, permitindo à gestão uma perspectiva melhor de orientação aos responsáveis sobre as boas práticas de trabalho, evitando problemas. Como solução alternativa, há também a possibilidade de construir um inventário com instruções, para necessidades futuras.

Como fazer a Manutenção Predial adequadamente?

Para tratar da manutenção predial com responsabilidade, e ainda poder contar com especialistas que cuidam de todos os detalhes, do planejamento è execução e comprovação, muitas empresas já contam com prestadoras de serviços, cujo foco são os facilities e a manutenção predial. 

A Renaux Service está no mercado desde 2014, proporcionando soluções em gestão de serviços, com oferta especializada para a Manutenção Predial, e podemos oferecer cobertura para vários estados do país. Possuímos uma metodologia exclusiva e inovadora para realizar a gestão operacional e suas demandas diretas e indiretas, além da prestação de serviço de limpeza, higienização, tratamento de piso, jardinagem, portaria, orientadores e afins, atuamos na gestão integral das operações, ficando responsável pelas aquisições e administração dos materiais de higiene, limpeza (químicos), equipamentos e suas respectivas manutenções preventivas e corretivas. 

Interessado? Converse com um atendente da Renaux! Na nossa aba ‘Contato’, temos um breve formulário, e após preenchê-lo, um de nossos atendentes irá lhe retornar o mais breve possível. Basta preencher com nome, e-mail e telefone; é bem rapidinho.

Até a próxima publicação!

Leituras recomendadas sobre Manutenção Predial:

‘Manutenção Predial: por onde começar?’ 

‘Conheça os serviços da Manutenção Predial’

Voltar