Blog | Operadora da Renaux Service é homenageada por empresa parceira

18 de março de 2020

Dando seguimento às comemorações do Dia Internacional da Mulher, celebrado no dia 8 de março, a empresa Canpack, nossa cliente do estado de Goiás, homenageou uma das nossas colaboradoras, que atua na organização como operadora de empilhadeira. Através de mensagens enviadas por e-mail para todo o corpo de colaboradores, a Canpack compartilhou o depoimento de Maria José dos Santos, que na mensagem fala sobre a experiência enquanto única mulher de sua equipe, e os desafios que a área apresenta para ela e outras mulheres. Ao final do depoimento, deixa uma mensagem de encorajamento para todas as mulheres que desejam ingressar em áreas predominantemente ocupadas por homens, e diz que não tenham receio ao tentar. Confira o depoimento completo:

"Eu trabalho em uma equipe onde sou a única mulher. Inicialmente, me sentia constrangida, mas hoje é outra realidade. Me sinto bem trabalhando com eles, acredito que pelo respeito que todos têm comigo e pela confiança que conquistei através do meu trabalho, eu gostaria muito de ver mais mulheres na minha profissão. Amo o que faço e sempre tive vontade de atuar nesta profissão, porém tinha medo de ser rejeitada pelo mercado de trabalho por não haver muitas mulheres fazendo essa atividade, mas tive coragem e fui buscar minha qualificação para trabalhar na área. Sempre digo para as outras mulheres serem corajosas e não se limitarem por ainda ser uma profissão onde a maioria são homens, afinal, essa realidade só será mudada se começarmos a ocupar estas vagas também. E se elas tiverem vontade, que sigam em frente e irão conseguir. Precisamos conquistar nossa independência, por isso temos que aumentar o leque de profissões a serem ocupadas por nós mulheres. É importante ganharmos nosso próprio dinheiro, eu amo a liberdade que o fato de trabalhar me dá, eu sei que posso realizar vários sonhos através disso e já realizei um de ter a minha profissão e ser reconhecida por ela."

O que antes era o receio de Maria, ainda é empecilho para muitas mulheres que pensam em atuar na indústria, com a mão de obra pesada ou outras funções fortemente exercidas por homens. Porém, aos poucos, as mulheres vão marcando presença na indústria brasileira. Atualmente, elas representam aproximadamente 30% da força de trabalho na indústria nacional, e apesar de tímido, o número mostra que esse crescimento progressivo pode continuar estável, e mesmo tornar-se protagonismo um dia. Segundo o Portal da Indústria, em 1995, mulheres ocupavam 22,5% dos postos formais do setor e em 2015, 20 anos depois, o percentual foi de 25,8%. Ou seja, profissões tidas historicamente como masculinas, estão hoje recebendo mulheres capacitadas, e que se destacam em diversos setores da indústria. O segmento de confecções, por exemplo, já tem 75% da sua força de trabalho representada por mulheres, e serve de modelo para que os demais estejam abertos a compreender as vantagens competitivas da mão de obra feminina.

Voltar