Blog | Conheça práticas facilitadoras para armazenagem

21 de fevereiro de 2022

A função de armazenar itens, produtos ou matéria-prima abarca para além do controle de produto, organização ou escoamento, voltando-se também para a produtividade de uma instituição que adapta os estilos e recursos para gerar uma armazenagem coerente e eficiente de seus ativos. Dentre estes fins também se aplica o uso da armazenagem para controlar, proteger, organizar e distribuir materiais. 

Leitura recomendada: Confira 5 dicas para otimizar o almoxarifado da sua empresa 

Para garantir que o processo ocorra de maneira satisfatória, é importante dedicar tempo, estudo e organização. Em relação aos itens armazenados, também é preciso identificar suas características, categorizar e separar itens. A realização dessa e de outras atividades relacionadas com a armazenagem necessita de otimização para reduzir gastos, evitar retrabalho e possibilitar agilidade no trato de dados referentes à organização dos recursos. 

Sistema de armazenagem ou Software de armazém? 

Quando tratamos de tecnologias facilitadoras de armazenagem, é indispensável abordar as diferenças entres esses dois processos. O sistema envolve a prática de organização através de um conjunto de equipamentos, ou seja, trata da  disposição de elementos físicos para estruturar os produtos, no entanto, faz parte do sistema a adoção de softwares de gerenciamento. São essas ferramentas que auxiliam o processo de identificar, etiquetar, controlar, informar e administrar as informações sobre os materiais armazenados. 

Quanto ao software de armazenamento, trata-se de um recurso de gerenciamento automatizado para ampliar o controle e produção de atividades relacionadas à armazenagem. Tratamos detalhadamente de quais são as categorias de software de armazenagem e suas ligações com os sistemas na leitura a seguir, não deixe de conferir esse conteúdo. 

Leitura recomendada:  Logística: O que é TMS, ERP e WMS? 

Separamos ainda, alguns elementos que não podem faltar na hora de organizar a armazenagem de maneira mais prática e eficiente. 

- tecnologia, é importante adotar recursos que permitam maior agilidade. Lembrando que o processo de armazenagem envolve controle e possíveis distribuições, é importante ter acesso fácil a essas informações para gerenciar rapidamente os recursos. 

- espaço coerente, cada produto ou matéria-prima tem necessidades específicas, condições que permitem seu manuseio e armazenagem. É preciso identificar os aspectos presentes nos materiais utilizados para garantir sua maior durabilidade, segurança e proteção.

- pessoal qualificado, não basta ter apenas as ferramentas ou o espaço para dispor os itens, também é essencial manter a equipe atualizada quanto às práticas e técnicas que garantem uma armazenagem mais satisfatória. Entre essas práticas, destaca-se o uso frequente de tecnologias de automatização de processos repetitivos e mesclam uma enorme quantidade de dados. 

Garantir uma armazenagem eficiente, como mencionado no início do texto, tem relação direta com a produtividade, afinal é preciso controlar o que se produz e gerenciar para evitar desperdícios, gastos excessivos e até mesmo perda de produtos. Como etapa principal da logística para conduzir o bom funcionamento de uma empresa, é fundamental que esse estágio seja realizado com expertise, equipamentos necessários para cada tipo de armazenagem bem como recursos tecnológicos que permitam maior agilidade e precisão no controle dos itens armazenados.  

Para tal, é possível contar também com parceiros focados na prestação desse e de outros serviços relacionados a armazenagem, como é o caso do  transporte, logística reversas e outros. Todas essas soluções fazem parte do portfólio de serviços prestados pela Renaux Service e são responsáveis por manter um diferencial em empresas e instituições que adotam nossas práticas de armazenagem inteligente. Entre em contato conosco e facilite o processo de armazenagem em sua empresa.

Voltar