Blog | 4 práticas eficientes para uma armazenagem de sucesso

19 de abril de 2021

A armazenagem faz parte da área logística de uma empresa, sendo uma das que mais demanda processos e planejamento. Para obter sucesso com a armazenagem é preciso seguir alguns passos básicos e ficar atento às necessidades de sua empresa. 

Reunimos aqui 4 principais etapas eficientes para seguir. Depois de conferir esse conteúdo, recomendamos que você avance em outros posts em nosso blog, caso ainda não tenha acessado. Assim poderá obter uma experiência de leitura ainda mais harmônica sobre procedimentos logísticos e outras questões essenciais para aprimorar sua empresa. 

Agora, podemos dar início às 4 práticas eficientes para uma armazenagem de sucesso

1. Conheça diferentes tipos de armazenagem; 

É importante conhecer e estudar as opções, visando encontrar aquela que melhor promova resultados satisfatórios para sua instituição. Separamos os tipos de armazenagem a seguir: 

       - Temporária: os materiais que demandam menor tempo de armazenamento são colocados nessa categoria que também envolve menos preocupações e ações fixas em relação ao que pretende ser armazenado. 

Esse processo é extremamente utilizado quando a empresa lida com adaptação sazonal e, principalmente, em períodos de aumento sobre a demanda.

        -  Permanente: como o próprio nome já elucida, esse tipo de armazenagem depende de espaço fixo específico. É preciso estar atento a fatores como infraestrutura, capacidade, limpeza e outros para garantir uma melhor conservação e manutenção desses materiais.

         - Interna ou externa: é comum para grandes empresas adotarem a armazenagem interna, gerenciando dentro da própria instituição os cuidados essenciais com seu produto. Também é comum adotarem a opção de armazenagem externa, que embora represente uma certa economia, representa também riscos altos de danos e furtos. 

Dica: para pequenas e médias empresas, é interessante contar com uma opção extra para gerenciar suas armazenagens. Através de uma empresa especializada, como é o caso da Renaux, é possível ter uma preocupação a menos com a armazenagem e a segurança de que essa operação logística será feita de forma otimizada e segura.

2. Planeje processos

Depois de conhecer os tipos de armazenagem, selecione aquela que melhor se encaixa com o material que deseja armazenar. 

O passo seguinte a ser tomado envolve justamente o planejamento desse processo que consiste em: análise de produção; controle de  entrada e saída de material (principalmente o fluxo de resultados, ou seja, os produtos); gerenciamento de plano de contingência, alinhe seu  capital e gerencie o pessoal necessário para realizar as determinadas funções e quais serão as atividades atribuídas a cada um. 

É fundamental ter um bom planejamento, e sem dúvidas  contar com recursos de otimização tecnológica para dar conta de tantas informações, torna o processo mais ágil.  

3. Treinamento adequado; 

A equipe responsável pelo armazenamento precisa estar ciente dos resultados que precisa garantir que sejam obtidos. Exercitar a boa comunicação como já falamos por aqui no blog, é fundamental para atingir o sucesso nas produções

Procure promover palestras e esclarecer, de forma detalhada, as orientações sobre cada etapa da armazenagem que precisa ser controlada.

4. Abrace a tecnologia;

Todo processo que pode ser otimizado através de recursos tecnológicos pode ser desempenhado de forma mais ágil e produtiva. 

Contar com essa possibilidade para as ações de armazenagem é fundamental para garantir que tudo seja feito seguindo os padrões personalizados da sua empresa e fundamentalmente respeitando os objetivos desejados. Sem contar que softwares de gestão de armazenagem são capazes de organizar e controlar um fluxo de informações complexo e regrado. 

Dica extra: sempre considere o tipo de indústria que você possui para delimitar a solução coerente. Não se esqueça de analisar também a sua linha de produção. Para que possa aplicar algo que esteja dentro das necessidades principais de armazenagem de seu produto ou material.

Além disso, como as operações logísticas em sua grande maioria estão interligadas entre si,  é tão importante se dedicar a compreender todas as etapas existentes, todas as pessoas envolvidas e suas funções. Finalmente, será possível obter o máximo da armazenagem. Evitando perdas ou gastos desnecessários com os procedimentos de armazenagem.

Para eventuais dúvidas, entre em contato com a Renaux e visite nossa página de soluções. Lá você terá acesso a tudo que precisa saber sobre as soluções oferecidas por nossas equipes especializadas. Ao conferir o blog também poderá solucionar dúvidas e ampliar seus conhecimentos sobre o que oferecemos de melhor em serviços. 

Voltar